Cursos

Limiar: entre a literatura e o ensaio

com Camila von Holdefer 

Dias 25/maio, 1, 8 e 15/junho/2019 – Sábados, das 13h30 às 16h30 

Qual o potencial de uma literatura que se propõe a interrogar e a desafiar os próprios limites? Narrativas que se situam em uma espécie de limiar podem nos ajudar a compreender tempos complexos? Como?

A proposta deste curso, não por acaso chamado de “Limiar”, é investigar os diferentes procedimentos envolvidos na construção de romances que mesclam ficção e ensaio, ou de romances que, de forma mais orgânica, trazem a mistura de diversos registros no tecido narrativo. Vamos examinar livros de, entre outros autores, J.M. Coetzee, Christa Wolf, Enrique Vila-Matas, Teju Cole, Ben Lerner, Siri Hustvedt, W. G. Sebald, Ricardo Piglia e Mathias Enard.

Como o movimento é o mesmo, o curso serve tanto para quem quer aprender a construir quanto para quem quer aprender a desmontar uma estrutura semelhante.

Investimento: R$ 400,00 (à vista) ou R$ 450,00 (parcelado em até 3x)

Camila von Holdefer é crítica literária, colabora regularmente com o Instituto Moreira Salles, a revista Quatro cinco um e jornal Folha de S. Paulo.

 

*

 

Arte Como Procedimento – Acompanhamento artístico e formação em Artes Visuais

O curso Arte como Procedimento é voltado para todos aqueles que possuem uma prática artística e desejam aprofundar questões do seu trabalho, bem como ampliar a sua formação em arte contemporânea. Dividido entre aulas de orientação, com discussão dos trabalhos, e aulas teóricas, com referências de outras obras e leituras de textos e livros de teoria e história da arte, o curso pretende ser uma formação não-acadêmica para todos aqueles que já fazem parte do circuito das artes ou estão iniciando suas trajetórias profissionais.

 

*

 

O artista como editor – desafios e oportunidades da publicação independente 

com Letícia Lampert

Dias 30/out, 6/nov e 13/nov – Terças-feiras, das 14h às 18h

Inscrição gratuita até 19/out   |   resultado 26/out

É cada vez mais frequente ver artistas e fotógrafos adotando a publicação independente como forma de concretizar e fazer circular seus projetos. Mas por onde começar? Como tirar as ideias do papel? Quais as etapas envolvidas? A proposta desta oficina é estimular a produção e compartilhar experiências sobre o processo de elaboração de publicações nos seus mais diversos formatos, abordando desde a conceituação e edição do material bruto até noções básicas de produção gráfica, passando por meios de viabilização e apresentando um amplo repertório de exemplos históricos e contemporâneos.

Oficina oferecida pelo projeto Conhecidos de Vista, contemplado pelo Fumproarte, realizada com o apoio do Atelier das Pedras.

*

Letícia Lampert tem formação em Artes Visuais (UFRGS), Design (ULBRA) e mestrado em Poéticas Visuais (PPGAV-UFRGS). Trabalha principalmente com fotografia e sua pesquisa está focada na investigação sobre a paisagem, especialmente urbana, e as relações, mediadas pela arquitetura, que estabelecemos com as cidades. Teve seu trabalho destacado em salões e prêmios tais como o Prêmio Açorianos de Artes Plásticas – Fotografia (2009), o Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger (2013), o III Prêmio Itamaraty de Arte Contemporânea (2013), entre outros. Participou de residências artísticas no Brasil e no exterior  tais como The Swatch Art Peace Hotel, em Xangai, China, Residência FAAP, em São Paulo e Pier 2, em Kaohsiung, Taiwan. Desde 2016 tem ministrado oficinas sobre arte, fotografia e publicações independentes em diferentes cidades do Brasil. www.leticialampert.com.br